Será possível que o amor resista a um dos maiores vilões da sociedade?

Aos vinte e três anos, Juliana, uma jovem da alta sociedade, dorme e acorda completamente surda. Afastada de Deus, a surdez a leva a uma verdadeira peregrinação por emoções variadas: tristeza, solidão, revolta... Juliana não entende como alguém como ela pode ficar surda, assim, da noite para o dia. Mas, como não há mal que perdure e felicidade que não se acabe, aos poucos ela percebe que há algo bem pior do que a surdez: o preconceito.

 

Apesar de todas as expectativas frustrantes, ela conhece um rapaz que tem a vida marcada por um drama que ninguém da cidade sabe. Em meio à dor e ao mistério, os dois descobrem um novo mundo juntos.

 

Será que na prática tudo é tão simples assim? O amor deles é maior que o preconceito? A força desse sentimento resistirá às limitações da deficiência de Juliana? O que vale mais a pena: poder ouvir um “eu te amo” ou estar ao lado da pessoa amada, mesmo nunca conhecendo o som da sua voz?

 

Orelha do livro

“Peguei aquele bloco de papel e apertei com as duas mãos, com toda a força que tinha. Colocando-o o mais perto possível do meu rosto, chorei. Chorei, tamanha era a dor e a revolta dentro de mim. Chorei de soluçar, de forma incontrolável.”

 

Autora: Gabi Amorim

Gênero: Romance

ISBN 978-65-86154-00-9

1ª Edição - 2020

Formato: 16x23 cm - 294 páginas

Preço de capa: 55,90

Escolha uma das lojas parceiras para comprar a versão digital

Todos os direitos reservados. Proibida a reprodução da logomarca e de outras imagens sem autorização prévia da editora.